[1 de July de 2019]

O cartunista António e os jornalistas Victor Bandarra, Ana Luisa Rodrigues, Virgílio Azevedo, Mário Rui Cardoso, Diogo Cardoso, Sofia da Palma Rodrigues, Paulo Novais e Ricardo Esteves Ribeiro foram os vencedores dos Prémios Gazeta 2018. O júri atribuiu o Gazeta de Imprensa Regional ao trimensário “Notícias de Gouveia”.

Os Prémios Gazeta , os mais prestigiados do jornalismo português, são uma iniciativa anual do Clube de Jornalistas, com o Patrocínio do Santander e da Galp Energia.

Ler mais…
CJ na TV

[Javascript required to view Flash movie, please turn it on and refresh this page]

Emissão de 14 de Janeiro, de 2009

Video

[Javascript required to view Flash movie, please turn it on and refresh this page]

Sede do Clube de Jornalistas, Rua das Trinas

Audio

Podcast CJ Online

Brevemente!

Opinião »

Como fazer correcções em artigos já publicados
[21 de September de 2019]

Publicar um erro é o pior pesadelo de um jornalista e com razão. Os erros podem degradar a confiança nos media, ter sérias consequências em indivíduos e grupos e minar a principal missão do jornalismo de fornecer informação verídica. Ainda assim, errar é humano, especialmente nas salas de redacção que trabalham a ritmo acelerado. E publicar correcções propriadas pode controlar os danos. (Cristiana Bedei)

Ler mais…

Opinião »

Jornalismo e crise climática global: a hora de pôr fim aos eufemismos
[21 de September de 2019]

Dando lições a uma quimérica (e perante a gravidade da crise pouco responsável) neutralidade jornalística, que põe em risco o planeta e a humanidade, em maio deste ano o jornal britânico “The Guardian” anunciou que decidira erradicar o uso do conceito “aquecimento global” e substitui-lo por “crise ou emergência climática”. E os que rejeitam a existência do problema deixariam de ser “cépticos” para serem, pura e simplemente, “negacionistas”. (Patrício Segura)

Ler mais…

Opinião »

Mas é o melhor que se arranja
[21 de September de 2019]

Como é sabido, os chamados politólogos e a imprensa escrita decretaram já há muito tempo que os debates televisivos entre candidatos não adiantam em nada para o esclarecimento ou para a determinação da intenção de voto dos eleitores. De duas uma, então: ou adiantam mais as “arruadas” e comícios para os fiéis, os cartazes de rua e os programas eleitorais que ninguém lê, ou nada adianta porque o voto já esta pré-determinado e tudo numa campanha eleitoral, e não apenas os debates, é essencialmente inútil.  (Miguel Sousa Tavares)

Ler mais…

Notícias »

Jornalistas de todo o mundo reunidos em projecto inédito sobre crise climática
[20 de September de 2019]

Ao longo de uma semana, jornalistas de todo o mundo reunidos no projecto Covering Climate Now querem reforçar a cobertura noticiosa sobre a crise climática.

Ler mais…

Notícias »

Reino Unido: Serviços digitais lentos estão a marginalizar zonas rurais
[20 de September de 2019]

A falta de banda larga rápida e do 5G faz com que as comunidades rurais se sintam cidadãos de segunda, afirma um relatório parlamentar britânico. Situação idêntica à que se vive em Portugal, com a diferença de que há zonas “marginalizadas” às portas de Lisboa, como é o caso, por exemplo, de parte da Costa da Guia, em Cascais, onde a largura de banda da NOS não vai além dos 200 Megabits.

Ler mais…

Notícias »

Quase 90% das famílias paga para ver televisão
[20 de September de 2019]

O número de famílias que pagam para ver televisão continua a aumentar. No final do primeiro semestre deste ano, “cerca de 86% das famílias dispunham do serviço de distribuição de sinais de televisão por subscrição”, mais 0,9 pontos percentuais quando em comparação com o final do ano passado, de acordo com o relatório da Autoridade Nacional de Comunicações.

Ler mais…

Opinião »

Tudo pode ser falso excepto o jornalismo
[19 de September de 2019]

As notícias falsas estão a empurrar o jornalismo para um novo cenário. A dúvida é qual. Para uns, será o seu fim, no duplo sentido da palavra, já que pressupõe a morte do jornalismo actual para albergar um novo paradigma comunicativo baseado na criação e difusão de notícias falsas como finalidade. Mas, para outros, será exactamente o contrário. O jornalismo emergirá como o melhor antídoto contra o fenómeno das notícias falsas. Porque, na ralidade, tudo pode ser falso, excepto o jornalismo. (Marc Amorós Garcia)

Ler mais…

Notícias »

Os jornalistas podem ser condenados por violar o segredo de justiça?
[19 de September de 2019]

Rui Rio insistiu esta quarta-feira num debate na inclusão de “todos os portugueses” no crime de violação do segredo de Justiça, deixando implícito que os jornalistas não respondem por este ilícito. Mas tal não corresponde à realidade. (Mariana Oliveira – “Público”)

Ler mais…

Opinião »

O anonimato é um direito e não um delito
[18 de September de 2019]

A organização latino-americana Direitos Digitais patrocina uma campanha em defesa do anonimato, com o objectivo de «criar consciência em relação à importância do anonimato nas nossas vidas diárias como garante do exercício de diversos direitos fundamentais: a proteger a nossa intimidade, a expressar-nos, a reunir-nos, a procurar informação, a procurar ajuda, entre outros. Hoje o anonimato está em perigo. Na medida em que as nossas vidas decorrem cada vez mais “em linha”, é mais simples indentificarem-nos e recolher informação sobre os nossos hábitos, gostos, opiniões e inclusivé sobre os nossos corpos. Ocultar a nossa identidade na internet é praticamente impossível.

Ler mais…

Opinião »

Imagine o que seria do Brasil hoje se não houvesse liberdade de imprensa
[18 de September de 2019]

Sempre que faço uma palestra em uma faculdade de jornalismo começo fazendo uma pergunta, à qual eu mesmo respondo. Vale a pena apostar na carreira de jornalista? O dia em que não valer mais a sociedade está ferrada. Por quê?  Desde os tempos em que as matérias eram escritas molhando uma pena em um tinteiro, nós temos sido “os chatos de plantão” para apontar os erros dos governantes. (Carlos Wagner)

Ler mais…