[5 de February de 2016]

A situação laboral dos jornalistas portugueses está a atravessar um dos mais graves períodos dos últimos anos. As salas de redacção cada vez têm menos profissionais e a maior parte dos que ficam vêem as condições de trabalho piorar. Mas a fragilização dos jornalistas, e consequentemente do jornalismo, não os afecta apenas a eles mas também a todos os portugueses, assim privados – como se não bastassem razões de natureza mais profunda, de natureza política, económica e ideológica – de uma informação independente, contextualizada, rigorosa e pluralista. O que está em causa não é apenas um grupo profissional, é também a qualidade da democracia. (Fernando Correia)

Ler mais…

Imagem

CJ na TV

Emissão de 14 de Janeiro, de 2009

Video

Sede do Clube de Jornalistas, Rua das Trinas

Audio

Podcast CJ Online

Brevemente!

Opinião »

Fotojornalismo com o telemóvel: o fim ou a reinvenção dos fotógrafos de imprensa?
[13 de February de 2016]

O aumento  da resolução das câmaras dos telemóveis permitiu que um amador possa fazer uma foto publicável. Alguns meios já despediram os seus fotógrafos e substituiram-nos por smartphones. Há, no entanto, quem veja o futuro com optimismo  e acredite no advento de uma nova época dourada. É o fim ou a reinvenção dos fotógrafos de imprensa? Respondem dois investigadores da universidade Camilo José Cela (Espanha).
Ler mais…

Opinião »

Quando “The Independent” se transformou num catálogo e perdeu a alma
[13 de February de 2016]

«Leio num blog associado a “The Guardian” que “The Independent” vende apenas 50 mil exemplares diários. Mil problemas que me escapan, de certeza, e além disso uma versão descafeinada chamada “i” a metade do preço, que jamais poderia existir sem o original e que está acabando de o matar. Mas disto ninguém fala. O mais fácil é virar a peúga do avesso e passar à seguinte. De repente, “The Independent” parece um catálogo. E se um diário parece um catálogo é porque perdeu a alma» (Javier, do estúdio Errea Comunicación, em janeiro de 2014)
Ler mais…

Notícias »

Grã Bretanha: “The Independent” acaba com edição em papel
[13 de February de 2016]

O jornal britânico “The Independent” vai deixar de ser editado em papel, mantendo-se unicamente como plataforma em linha a partir do final de Março.
Ler mais…

» “The Independent” becomes the first national newspaper to embrace a global, digital-only future
» Notícia do “El País”

Opinião »

O que se oculta ou ignora nos media sobre as eleições nos EUA
[12 de February de 2016]

A bem conhecida (a nivel internacional) falta de diversidade ideológica na televisão e rádio espanholas, assim como na imprensa, com escassíssima presença de vozes críticas de sensibilidade progressista de esquerdas, reflecte-se na sua apresentação do que está ocorrendo nos Estados Unidos. Os seus correspondentes nos EUA limitam-se, em geral, a traduzir para o castelhano (ou para o catalão, na Catalunha) o que dizem os maiores meios de informação norte-americanos, sem ir mais além e sem aprofundar criticamente o que dizem aqueles meios. (Vicenç Navarro)
Ler mais…

Opinião »

Já temos o imposto, falta investimento nos transportes públicos
[12 de February de 2016]

A indiferença que a comunicação social sempre demonstrou perante os sucessivos e brutais aumentos das tarifas dos transportes públicos e perante o desmantelamento de grande parte das linhas de comboio contrasta com a obsessão que sempre manifestou pelos custos associados ao carro individual. E isso é um excelente retrato do nosso subdesenvolvimento político, social e ambiental. (Daniel Oliveira)
Ler mais…

Opinião »

Factos e clareza enquanto não chega o Ministério da Felicidade
[12 de February de 2016]

Lembrei-me também do Spotlight porque o jornalismo tem vindo a fragilizar-se, a perder poder de escrutínio, a satisfazer-se num pobre contraditório, ainda assim útil, mas insuficiente para esclarecer o que precisa de ser esclarecido. Diz-se tudo e o seu contrário, faz-se pouco fact-checking, abre-se espaço demasiado a um discurso propagandístico, pouco alicerçado em dados concretos. (António José Teixeira)
Ler mais…

Opinião »

Tentando sair da depressão noticiosa
[11 de February de 2016]

O ciclo do quanto pior melhor em matéria de noticiário na imprensa já está chegando ao ponto da saturação e o público começa a se desiludir, cada vez mais, com a capacidade e vontade dos jornais, revistas, telejornais e páginas noticiosas na Web de sair deste ciclo vicioso de negativismo. Parece um contrassenso, mas é verdade porque a imprensa acabou intoxicada com a própria agenda. (Carlos Castilho)
Ler mais…

Notícias »

Alphabet: A nova maior empresa do mundo
[11 de February de 2016]

Em termos comerciais, quando dizemos Alphabet queremos dizer Google. A antiga empresa ainda é responsável pela grande maioria das receitas da Alphabet e quase todos os seus negócios (o que inclui o mecanismo de busca, os mapas, o YouTube, a publicidade e o Android) ainda são comandados pela Google e seu novo executivo Sundar Pichai. O restante da Alphabet pode representar as apostas nas indústrias do futuro, mas por enquanto é a Google que paga as contas. (Alex Hern)
Ler mais…

Notícias »

México: Assassinada jornalista, 32 anos, mãe de dois bébés
[11 de February de 2016]

jornalistasmexA jornalista mexicana Anabel Flores Salazar, 32 anos, foi encontrada morta na terça-feira, na valeta de uma estrada, depois de ter sido sequestrada na véspera em sua casa por homens armados. Anabel era mãe de um bébé recém nascido e de um menino de 4 anos, É o 19.º jornalista assassinado nos últimos três anos no estado de Vera Cruz.

Ler mais…

Notícias »

EUA: A televisão paga perde terreno para a Internet
[11 de February de 2016]

Mais de sete milhões de telespectadores abandonaram nos últimos três anos a cadeia ESPN, que tem 91 milhões de assinantes e é a principal fonte de lucros da Disney. Sorte idêntica para a Viacom (MTV ou Nickelodeon), cuja cotação na bolsa caiu 20% no dia 9 de fevereiro. Explicação avançada: os jovens estão a cortar com os canais de cabo e a migrarem para as cadeias presentes na Internet. Na Europa, os sinais são os mesmos.
Ler mais…