[27 de August de 2015]

É comum em tempos tão extremos como os nossos que se perca um pouco a nitidez de certos parâmetros. No contexto da política nacional, poucas vezes estivemos tão polarizados e isso tem quase que obrigado as pessoas a escolher um lado em detrimento do outro. Nas esquinas, nas rodas de conversa, nas redes sociais, as discussões parecem cada vez mais maniqueístas e a disposição para ouvir o interlocutor é quase nenhuma. O que parecia um ambiente de fúria – limitado aos grupos sociais que frequentamos – ganha dimensões de atmosfera de intolerância, cobrindo tudo, graças ao embarque igualmente irracional de muitos veículos de comunicação. A adesão da mídia contribui para a disseminação do discurso de ódio, promove linchamentos sociais e – pior! – alimenta uma espiral de desinformação geral. (Rogério Christofoletti)

Ler mais…

Imagem

CJ na TV

Emissão de 14 de Janeiro, de 2009

Video

Sede do Clube de Jornalistas, Rua das Trinas

Audio

Podcast CJ Online

Brevemente!

Notícias »

Lusa substitui director de informação
[2 de September de 2015]

O director de informação da Lusa, Fernando Paula Brito, demitiu-se hoje depois de a administração o ter informado de que pretendia substitui-lo. Os dois directores-adjuntos também se demitiram, «por solidariedade». A administração propõe Pedro Camacho para o cargo de director de informação.
Ler mais…

Notícias »

RTP dispensa antigo director por telefone
[2 de September de 2015]

Mais um caso no serviço público de rádio, a juntar aos já conhecidos e aos que ainda estão por conhecer: a RTP comunicou por telefone a Eduardo Oliveira e Silva que a sua colaboração tinha sido dispensada. O jornalista que a RTP trata desta maneira já foi director de informação da RDP e director do Centro de formação da empresa.

Notícias »

RTP cancela colaboração de João Paulo Guerra quatro meses antes do fim do contrato
[2 de September de 2015]

A Rádio e Televisão de Portugal cancelou, quatro meses antes do fim do contrato e a um mês das eleições, a colaboração do jornalista João Paulo Guerra, que fazia diariamente para a RDP uma revista da imprensa de elevada qualidade.

Notícias »

Morreu Frederico Martins Mendes
[2 de September de 2015]

O antigo director do “Jornal de Notícias” Frederico Martins Mendes morreu esta segunda-feira no Hospital de Santo António do Porto, aos 77 anos, vítima de cancro.
Ler mais…

» Meio século de “Jornal de Notícias” no adeus ao antigo director

Opinião »

Manual para radialistas analfatécnicos
[2 de September de 2015]

Nesta era digital, tem sentido que um locutor não saiba redigir um texto? Que uma entrevistadora não saiba editar os audios que gravou? E um redactor de notícias, que fará se não navega na internet e sindica os conteúdos mediante o RSS? Quem contratará um programador musical que não sabe automatizar a programação? Cada vez mais, as funções fundem-se. (Santiago García Gago)
Ler mais…

Opinião »

Jornalismo 2.0: A revalorização do jornalismo cultural
[2 de September de 2015]

Nos últimos anos, o jornalismo cultural perdeu-se entre as últimas páginas dos jornais, ficou relegado a canais de televisão que os espectadores punham em fundo para dormir a sesta, ou estava ao serviço das grandes empresas, com fins publicitários. Graças às redes sociais, muitos jornalistas puderam criar plataformas distantes dos meios tradicionais, que, numa perspectiva pessoal, conseguem aproximar-se dos leitores.
Ler mais…

Opinião »

Para uma espistemologia da Wikipedia
[2 de September de 2015]

A Wikipedia está a ter um enorme impacto no modo como um grande número de pessoas recolhe informação sobre o mundo. Por isso, é importante para epistemologistas e cientistas da informação interrogarem-se sobre se as pessoas estão ou não a adquirir conhecimento em resultado de terem acesso a esta fonte de informação. Um estudo de Don Fallis, da universidade de Arizona (EUA), conclui que os resultados são positivos.

» Toward an Epistemology of Wikipedia (Don Fallis)

Opinião »

Deslumbre e inquietude
[28 de August de 2015]

Em termos jornalísticos, os textos de “opinião” não escapam de modo algum às exigências que devem presidir à confecção de todo o conteúdo de um jornal : só a expressão de uma tomada de posição, de uma apreciação (pessoal ou coletiva) os distingue dos restantes textos. A não ser que as derivas do combate político — com as suas rivalidades, as suas rasteiras, as suas vinganças e os seus ódios, pouco respeitadoras dos mais elementares princípios éticos — se sobreponham doravante aos deveres da deontologia e da ética jornalísticas. (Nobre-Correia)
Ler mais…

Notícias »

França: Quando os sítios informativos são “amamentados” pelo Estado
[28 de August de 2015]

Imaginemos que o diário norte-americano “The New York Times” decide lançar uma edição portuguesa e diária em parceria com a RTP, que o financia. Os donos dos jornais portugueses não ficariam satisfeitos. É mais ou menos isso que está a acontecer em França, com a projectada parceria entre France 24 e o sítio norte-americano Mashable.
Ler mais…

Opinião »

Bolhas informativas: consequências da falta de diversificação noticiosa
[27 de August de 2015]

Muitos de vocês talvez não tenham percebido, mas estamos vivendo dentro de uma bolha informativa que é causa e consequência da polarização e radicalização de opiniões no contexto sócio-político atual. Esta bolha se forma quase que naturalmente durante a nossa convivência social na família, no trabalho, sindicato, partido ou clube, quando estamos cercados por pessoas que compartilham opiniões ou percepções semelhantes às nossas. As opiniões comuns tendem a se consolidar e em consequência aumenta a nossa distância em relação ao ambiente externo. (Carlos Castilho)
Ler mais…