[21 de February de 2015]

O jornalismo “freelance” nunca foi tão perigoso como hoje. Quatro dezenas de empresas jornalísticas, organizações de jornalismo “freelance” e defensores da liberdade de imprensa reuniram-se, em 12 de Fevereiro, na Columbia Journalism School, para responderem a esta crise, lançando princípios e práticas globais de segurança destinadas às empresas internacionais de informação e aos “freelancers” que trabalham para elas.
Ler mais…

» Princípios e práticas globais de segurança

Imagem

CJ na TV

Emissão de 14 de Janeiro, de 2009

Video

Sede do Clube de Jornalistas, Rua das Trinas

Audio

Podcast CJ Online

Brevemente!

Notícias »

France-Presse falha três vezes numa notícia de morte desmentida
[1 de March de 2015]

A agência France-Presse cometeu um triplo erro ao noticiar a morte (não ocorrida) de Martin Bouygues, director geral do grupo Bouygues.
Ler mais…

Notícias »

Bélgica: A cidade de Charleroi pede retirada de prémio do World Press Photo
[28 de February de 2015]

Há duas semanas, o World Press Photo recompensou um trabalho de Giovanni Troilo sobre a cidade de Charleroi, na categoria «problemáticas contemporâneas». Acusado de encenação e de desinformação, o assunto intitulado «The Dark heart of Europe» (o coração negro da Europa) feriu profundamente os habitantes da cidade belga, provocando uma reacção oficial da municipalidade.
Ler mais…

» La Ville de Charleroi s’attaque au World Press Photo (“Le Monde”)

Notícias »

Tribunal europeu admite uso de câmara oculta em algumas reportagens
[28 de February de 2015]

O Tribunal Europeu de Direitos Humanos decidiu a favor do uso de câmara oculta num caso de jornalistas suiços condenados no seu país por esta técnica.
Ler mais…

Notícias »

Vendas de jornais em banca em 2014 — todos perdem
[28 de February de 2015]

Todos os jornais portugueses registaram quebra de vendas em banca em 2014. O “Público”, com uma média diária de 15.875 exemplares, e o “Diário de Notícias”, com 12.036, começam a entrar no domínio dos jornais locais.

» CM ainda mais líder na imprensa (“Correio da Manhã”)
» PÚBLICO foi o único generalista a subir vendas (“Público”)

Opinião »

O segredo de justiça e os media
[28 de February de 2015]
Clique para ver

Clique para ver

Opinião »

Perigos para a liberdade de imprensa em Portugal
[28 de February de 2015]

A liberdade de imprensa é vigiada por um sistema de regulação paroquial, que se preocupa com as notícias que afetam os amigos e os queridos inimigos, os influentes, os atores da vida política e económica e ignora os atentados à privacidade e ao bom nome dos cidadãos anónimos, passando também por cima ou quase ignorando as verdadeiras violações à ética jornalística cometidas todos os dias por toda a imprensa, da dita séria à dita cor-de-rosa, da económica à desportiva, mas que não têm impacto visível nos círculos do poder por afetar, sobretudo, cidadãos comuns ou gente que não é querida das elites portuguesas. (Pedro Tadeu)

Ler mais…

Notícias »

Reino Unido: Parlamento quer direcção mais simples e rigorosa na BBC
[28 de February de 2015]

Um relatório parlamentar recomenda a substituição do BBC Trust por um único organismo e a criação de uma comissão externa de fiscalização do serviço público.
Ler mais…

» Pormenores do relatório

Notícias »

“Charlie Hebdo”: O quebra-cabeças da reconstrução
[26 de February de 2015]

Recrutar novas canetas, gerir tensões internas, assumir a prosperidade financeira… Chegou a hora dos desafios para o semanário satírico, aqui analisado em pormenor pelo diário “Le Monde”:

» “Charlie Hebdo” : le casse-tête de la reconstruction

Notícias »

Eleições para a Comissão da carteira: Programa da lista B
[26 de February de 2015]

A Comissão da Carteira Profissional de Jornalista distribuiu no dia 24 o programa da lista B, concorrente às eleições para aquele organismo, que se apresenta com o curioso moto: “Pelo jornalismo com jornalistas de facto”. O programa da lista A já tinha sido divulgado anteriormente e pode ser lido aqui.

Ler mais…

Notícias »

Confederação dos media contra lei da transparência do sector
[26 de February de 2015]

A Confederação Portuguesa dos Meios de Comunicação Social considera desnecessária a proposta socialista de obrigar à revelação de toda a estrutura accionista das empresas de media e mostra-se mesmo contra a intenção do ministro da tutela de as fazer tornar públicos também os seus credores e financiadores, onde se incluem os anunciantes.
Ler mais…

» Presidente da ERC não tem opinião, mas inclina-se para o lado das empresas