Home » Opinião

As teorias profissionais e as 5 crises do jornalismo

1 de December de 2019


A um dia da conferência sobre o financiamento dos media, parece oportuno lembrar um artigo de Eva Aladro Vico, da Universidade Complutense de Madrid, sobre as cinco fases de crise do jornalismo que conduziram à «situação actual de perda acelerada de peso na sociedade do século XXI». A autora, que apresentou uma versão inicial do texto num congresso internacional no México, em 2013, regista a ocorrência de uma crise moral/ética (nos anos 1920), uma crise socio-profissional (1960), outra política (1980), a que se seguiu uma crise tecnológica (2000) e uma financeira (2010). Aliciante tema para um debate sério.

» Las teorías profesionales y las 5 crisis del periodismo (PDF)

Imprima esta página Imprima esta página

Comente esta notícia.

Escreva o seu comentário, ou linque para a notícia do seu site. Pode também subscrever os comentários subscrever comentários via RSS.

Agradecemos que o seu comentário esteja em consonância com o tema. Os comentários serão filtrados, antes de serem aprovados, apenas para evitar problemas relacionados com SPAM.