Notícias »

ERC abriu processo para investigar suspensão da revista “Análise Social”
[10 de November de 2014]

A suspensão da revista científica “Análise Social” por causa de um artigo do sociólogo Ricardo Campos ilustrado com graffiti críticos das políticas do governo, decidida há duas semanas pelo director do Instituto de Ciências Sociais, vai ser averiguada pela ERC – Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Serão ouvidos os directores do ICS e da revista.
Ler mais…

Opinião »

Madeira: uma pedrada no charco
[8 de November de 2014]

Desta vez, o Supremo Tribunal de Justiça, num extenso e notável acórdão do passado dia 21 de Outubro, veio consagrar a liberdade de expressão em termos verdadeiramente democráticos na Madeira, revogando infelizes decisões dos tribunais da 1.ª instância e da Relação de Lisboa. (Francisco Teixeira da Mota)

Ler mais…

Opinião »

Quando Xanana deixou de ser o nosso querido guerrilheiro
[8 de November de 2014]

Tudo o que vai acontecendo em Timor, que acompanhamos em momentos especialmente críticos, deve servir de lição sobre os enganos que o jornalismo das causas consensuais pode alimentar. (Daniel Oliveira)

Ler mais…

Notícias »

RTP em Macau: Depois do Império, a imperial
[7 de November de 2014]

O presidente da administração da RTP disse em Macau que uma das atribuições do serviço público deve ser o de “vender Portugal” no estrangeiro. Essa função de marketing está reservada à RTP internacional. Alberto da Ponte disse, também, que estarão finalizados em 2015 dois documentários sobre a China e Portugal, realizados por portugueses e chineses, respectivamente. Charming China e Charming Portugal foram os nomes escolhidos e dizem tudo sobre o conteúdo. Imagina-se o deleite de António Ferro, vendo a RTP realizar o seu ideal. Com um presidente da administração vocacionado para aplicar no serviço público audiovisual a sua experiência de gestor de uma cervejeira, a RTP passa do Império à imperial. (JAG)

» «Uma das preocupações da RTP internacional é “vender Portugal”»

Notícias »

Investigação jornalística denuncia evasão fiscal de 340 transnacionais
[7 de November de 2014]

O Luxemburgo estabeleceu acordos fiscais secretos com 340 transnacionais que permitem às empresas pagar menos impostos sobre os lucros, com prejuizo para os paises onde operam. A informação resulta de uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, uma rede mundial de 185 jornalistas em mais de 65 países e não «uma organização que junta vários jornais europeus», como escreve o “Público”.
Ler mais…

» Luxembourg Leaks: Global Companies’ Secrets Exposed (O dossiê completo do ICIJ)

Notícias »

ERC notifica “Jornal da Madeira” para alterar estatuto editorial
[7 de November de 2014]

Entidade reguladora contesta que jornal detido a 99,9% pelo governo regional se apresente como “um diário de perspectiva cristã”.
Ler mais…

Opinião »

Ainda a censura na “Análise Social”
[6 de November de 2014]

«Fico espantado com a naturalidade com que alguns jornalistas, que se pronunciaram sobre o caso, aceitam uma violação flagrante de um princípio basilar da liberdade de imprensa, que lhes cumpre defender.» (António Monteiro Cardoso)
Ler mais…

Notícias »

Curso online gratuito sobre jornalismo móvel
[5 de November de 2014]

O Centro Knight da Universidade do Texas está lançando o curso online em português “Introdução ao Jornalismo Móvel”, um programa de capacitação que inclui a possibilidade de ganhar uma bolsa de viagem aos Estados Unidos para participar em duas conferências sobre jornalismo digital em abril de 2015. As inscrições estão abertas agora e o curso vai de 10 de novembro a 7 de dezembro.
Ler mais…

Opinião »

As leituras inimagináveis do director do “Sol”
[5 de November de 2014]

boletim mpf 01É um dado adquirido que os textos de José António Saraiva são, em geral, desconchavados, mas o director do “Sol” publicou em 30 de outubro um artigo em que supera todos os níveis anteriormente atingidos. “As mulheres são mais felizes?”, interroga-se JAS, só para partilhar a sua certeza de que o não são. E isso, porque perderam o seu papel de fadas do lar. A primeira parte do artigo é preenchida, a martelo, com um rol de livros que o pai lhe pôs nas mãos. A avaliar pela segunda parte, é legítimo concluir que essas leituras de pouco lhe serviram. Os conceitos com que brinda os leitores revelam outras leituras, sendo clara a identificação programática com o Boletim da Mocidade Portuguesa Feminina. Leiam o artigo e não se esqueçam de ler os comentários. (JAG)

» As mulheres são mais felizes? (José António Saraiva)

Opinião »

«Precisamos do feminismo; ainda há muito a fazer»
[5 de November de 2014]

«Feminista assumida desde a juventude, em 1970 a jornalista americana Lynn Povich liderou um grupo de 46 colegas mulheres da redação da revista Newsweek em um processo trabalhista histórico por discriminação sexual. Contratadas como pesquisadoras, raramente Povich e suas colegas eram promovidas a redatoras, repórteres ou editoras. Cinco anos depois, ela tornou-se a primeira editora sênior na história da revista.» (Angela Pimenta)
Ler mais…