Opinião »

Jornalismo em 2014: balanço e tendências
[5 de April de 2015]

«Em 2014, o jornalismo continuou em decadência ou empreendeu, por fim, a recuperação? Continua ancorado “ainda” na crise ou começou “já” uma nova etapa? A resposta é difícil» (Ramón Salaverría, professor de jornalismo na Universidade de Navarra, Espanha)
Ler mais…

Opinião »

Os limites entre jornalismo e entretenimento
[5 de April de 2015]

«Na TV, por exemplo, é difícil levar muito a sério as notícias que são intercaladas por comerciais que provocam o imaginário e “passeiam” pelo lúdico. O que se complica, diante desse cenário, é a qualidade da informação e o nível de formação de opinião. O público acaba sendo o principal prejudicado quando a notícia prioriza elementos não jornalísticos e “cria” uma narrativa mais próxima do ficcional. Quando há um propósito para tal feito, as ações se justificam, mas criar tramas apenas para mudar o tom do fato não parece ser uma ação muito profissional.» (Tcharly Magalhães Briglia)
Ler mais…

Opinião »

O jornalismo dos “cidadãos comuns”
[5 de April de 2015]

Perceber os leitores é decisivo para a garantia de um elo que dá sentido e transparência a um jornal. (Paquete de Oliveira, Provedor do leitor do “Público”)

Ler mais…

Notícias »

Presidente da AP pede que sequestro e assassínio de jornalistas sejam considerados crimes de guerra
[5 de April de 2015]

O presidente e CEO da Associated Press, Gary Pruitt, defendeu, em discurso no Clube dos Correspondentes Estrangeiros de Hong Kong, mudanças nas leis internacionais para que o sequestro e o assassínio de jornalistas passem a ser considerados crimes de guerra.
Ler mais…

Opinião »

Brasil: A síndrome da notícia ruim
[5 de April de 2015]

O que se nota atualmente é que uma parcela considerável do público começa a descrer do que a imprensa publica por associar as notícias ruins a uma estratégia política e ideológica. A outra parte da clientela de jornais, revistas, telejornais e redes sociais vincula-se a esses veículos não por sua missão informativa, mas porque oferecem abrigo e conforto para posicionamentos ideológicos. Ambos os casos deveriam preocupar os executivos da indústria jornalística porque eles não garantem a sustentabilidade futura das empresas que dirigem. (Carlos Castilho)
Ler mais…

Notícias »

SJ solidário com trabalhadores em greve ao trabalho suplementar
[4 de April de 2015]

O Sindicato dos Jornalistas apoia e está solidário com os trabalhadores do grupo Global Media, nomeadamente do “Jornal de Notícias”, “Diário de Notícias” e “O Jogo”, que decidiram aderir ao pré-aviso de greve a todo o tipo de trabalho suplementar e ainda a todo o trabalho a prestar em dia de descanso semanal, obrigatório e complementar, em dias feriados.
Ler mais…

» Redacção do JN faz greve aos feriados, DN dá mais tempo à administração (“Público”)

Opinião »

A galáxia Gutenberg
[31 de March de 2015]

«Os meios escritos sobreviverão se forem capazes de manter esse espírito e não se deixarem levar pela grande onde de frivolidade em que tudo se mede pelo número de acessos e não pela qualidade dos conteúdos» (Pedro G. Cuartango)
Ler mais…

Opinião »

Abandonar o papel… ou não
[31 de March de 2015]

Mais um capítulo da história interminável do fim dos jornais em papel. Víctor de la Serna escreve, em “El Mundo”, sobre a ideia da subida do preço de capa para contrariar a competição das publicações digitais. É uma ideia absurda, mas aqui fica o registo.
Ler mais…

Opinião »

Pensamentos Expressos: Tudo o que vem à rede é peixe
[29 de March de 2015]

«No Expresso temos o melhor dos dois mundos… falta só a Teresa Guilherme, que deve chegar na capa da próxima semana. Multiculturalismo é recitar poemas do Helder a ver as pernas da Cristina?» (Carlos Matos Gomes)
Ler mais…

matosgexp

Opinião »

Há limites para a infâmia
[29 de March de 2015]

«Já não surpreende que o tabloidismo militante não tenha limites nem escrúpulos na campanha de condenação preventiva de José Sócrates antes sequer de qualquer acusação, espezinhando todas as normas deontológicas do jornalismo e a integridade moral das pessoas» (Vital Moreira)
Ler mais…