Opinião »

Comunidades, a opção estratégica do jornalismo
[9 de December de 2014]

Com a chegada da internet e da computação passou a ser possível produzir notícias para públicos agrupados em torno de interesses ou necessidades específicas, os chamados nichos informativos, formados por comunidades sociais de todos os tipos. Entramos numa era em que haverá a coexistência entre projetos de comunicação em massa e iniciativas jornalísticas em comunidades, porque a sociedade como um todo também está se reorganizando com a valorização dos espaços locais e hiperlocais. (Carlos Castilho)
Ler mais…

Notícias »

Plano da RTP é “débil” e sem metas, diz CGI
[6 de December de 2014]

O conselho geral independente da RTP justificou o pedido de destituição da administração ao accionista Estado com um longo enunciado de críticas ao plano estratégico apresentado pela equipa de Alberto da Ponte. Um documento que apresenta um projecto de “débil natureza qualitativa”, sem propostas específicas, que “não define metas, acções específicas, calendários de execução e custos respectivos”, afirma o CGI na proposta de destituição a que o “Público” teve acesso.
Ler mais…

Notícias »

Como os fotógrafos passam o tempo
[5 de December de 2014]
fotografostempop

Clique para ampliar

Opinião »

O jornalismo entre a automação e a agregação de valor
[5 de December de 2014]

Cada vez que o tema novas tecnologias na comunicação e informação entra na agenda jornalística, ele divide opiniões e provoca posicionamentos apaixonados. Num extremo estão os que demonizam os bytes e bits, enquanto no outro agrupam-se os que consideram a internet uma especie de nirvana jornalistico . Entre os dois opostos há uma enorme gama de posicionamentos intermediários e um desafiador ponto de interrogação. (Carlos Castilho)
Ler mais…

Opinião »

O novo sistema de poder
[5 de December de 2014]

As empresas de jornalismo estão perdendo o controle do que é notícia. O domínio de empresas de tecnologia na produção e distribuição de conteúdo informativo e opinativo está criando uma nova esfera pública, cujos controladores não estão especialmente preocupados com transparência e ética. (Luciano Martins Costa)
Ler mais…

Opinião »

RTP: O braço de ferro
[5 de December de 2014]

A absurda situação de obrigar o actual CA a apresentar um plano estratégico (PR) ao CGI para meia dúzia de meses sem que este tenha produzido as linhas orientadoras que considera deverem nortear a elaboração do PE e sem que o novo contrato de concessão tenha entrado em vigor, só podia dar no que deu. O CA limitou-se a elaborar um PE baseado no PDR em vigor, aprovado pelo governo. (Estrela Serrano)
Ler mais…

Notícias »

RTP: ERC tem opinião coincidente com a administração
[5 de December de 2014]

O Conselho regulador da ERC entende que o Conselho de administração da RTP «não tinha o dever de comunicar ao Conselho Geral Independente» a compra dos direitos de transmissão da Liga dos Campeões de futebol. Em parecer divulgado no dia 4 de Dezembro, a ERC afirma que «as competências do CGI em matéria de definição de conteúdos esgotam-se na emissão de pareceres não vinculativos sobre a criação de novos canais ou sobre a introdução de alterações significativas aos já existentes».
Ler mais…

Notícias »

RTP: Governo acolhe proposta de demissão de Alberto da Ponte
[3 de December de 2014]

O governo aceitou a proposta do Conselho geral no sentido da destituição do presidente do Conselho de administração da RTP.
Ler mais…

Notícias »

Um “reality show” chamado RTP
[2 de December de 2014]

O reality show em que está a transformar-se a novela da RTP tem todos os ingredientes do género, incluindo as expulsões que se avizinham.
Como acontece em todo o reality show que se preze, há grupos que obedecem a uma estratégia comum. É o caso dos cinco directores que pediram a intervenção da ERC contra o Conselho geral e em defesa do Conselho de administração. Foram nomeados pelo CA, ao abrigo de um organograma que o CG não dá como aprovado.
Nos corredores da RTP diz-se que Alberto da Ponte tem o apoio de Marco António Costa, vice-presidente do PSD, e que a ponte é feita pelo director de informação, José Manuel Portugal. Será que a história se repete e Marco António também vai ter o seu Octávio?
Não se percebe o que esperam que a ERC faça. O Conselho geral é o primeiro responsável pelos conteúdos da RTP e está actuando no quadro dos seus poderes. Foi criado com a etiqueta de independente do governo, pelo que não se entende que possa estar subordinado aos juizos da ERC, uma entidade cujos membros foram designados por acordo entre PSD e PS.
Para não faltar nada, o ministro da tutela actua como “a voz” da Casa dos Segredos, repartindo missões e deixando no ar a hipótese de castigos.
Espero que, a exemplo do que acontece com os reality shows, tudo esteja terminado pelo Natal. Antes que, do serviço público, não fique pedra sobre pedra.

João Alferes Gonçalves

» Maduro espera recomendação para demitir Alberto da Ponte (“Expresso”)

» Directores da RTP pedem intervenção da ERC (“Económico”)
» Administração da RTP diz que «cumpriu todos os deveres legais e estatutários» (“Observador”)
» Administração da RTP recusa demitir-se e desafia Conselho Geral (“Público”)
» Governo abre a porta à saída do presidente da RTP
» Comunicado do Conselho Geral Independente da RTP (1 dezembro)

Opinião »

Um pedaço de asno
[30 de November de 2014]

«Ontem só criticaste uma vez “aqueles fazedores de opíníão que durante anos e anos defenderam José Sócrates contra os ataques ad hominem“. Foi só uma vez, mas o suficiente para te dizer que és um pedaço de asno.» (Ferreira Fernandes)
Ler mais…