Home » Notícias

EUA: Jornalistas da Bloomberg News serão barrados nos comícios de Trump

3 de December de 2019


A campanha de recandidatura de Donald Trump revelou, esta segunda-feira, que irá barrar jornalistas da Bloomberg News. Este órgão de comunicação social – que integra a empresa especializada em informação financeira – é detido pelo bilionário Michael Bloomberg, dono de uma das dez maiores fortunas do mundo. O magnata anunciou no início de Novembro a intenção de ser o candidato democrata nas próximas eleições presidenciais, formalizando a candidatura semanas depois. 

O New York Times escreve que a decisão de afastar os jornalistas da Bloomberg News é uma forma de retaliação contra a decisão da organização de não investigar os candidatas democratas após a entrada do magnata na corrida presidencial. Este afastamento de certos órgãos de comunicação não é nova para Trump: em 2016, o Washington Post, o Politico e o BuzzFeed News foram afastados de eventos da campanha do então candidato, acto que simbolizou a abertura de guerra aos órgãos de comunicação social mais próximos do lado democrata.

(“Público” 2 dezembro 2019)

Imprima esta página Imprima esta página

Comente esta notícia.

Escreva o seu comentário, ou linque para a notícia do seu site. Pode também subscrever os comentários subscrever comentários via RSS.

Agradecemos que o seu comentário esteja em consonância com o tema. Os comentários serão filtrados, antes de serem aprovados, apenas para evitar problemas relacionados com SPAM.