Home » Notícias

Alguns jornalistas da RTP tiveram um ataque de indignação

5 de October de 2019


Vários jornalistas da RTP estão indignados com o protagonismo dado a José Sócrates na quinta (RTP3) e sexta-feira (‘Bom Dia Portugal’), em directo ao telefone, a propósito da morte de Diogo Freitas do Amaral — noticia o “Correio da Manhã”. Um deputado do CDS sugere critérios editoriais à RTP.

“É um pouco vergonhoso o que se está a passar aqui”, conta um destes ao CM. “Estas aparições não podem ser inocentes”, diz outro, apesar de saber que o fundador do CDS foi ministro do seu governo, com a pasta dos Negócios Estrangeiros, em 2005/06 . “Continua o branqueamento ao antigo primeiro-ministro”, acrescenta ainda outra fonte da redação, triste com o caminho editorial que a diretora de Informação da estação pública, Maria Flor Pedroso, assumiu.

Hélder Amaral, do CDS, defende que a RTP deveria ter tido “outro critério editorial” na escolha dos depoimentos sobre a morte de Freitas do Amaral. “Eu recolheria o testemunho de José Sócrates uma vez, não mais. É uma questão de bom senso.”

No dia 28 de outubro, o juiz Ivo Rosa interroga José Sócrates, arguido no processo Marquês, na fase de instrução que decorre no Tribunal Central de Instrução Criminal (mais informação nas p. 10 e 11).

Numa acusação com mais de 4 mil páginas, 134 volumes, mais de 500 apensos e registos de mais de 180 buscas e interceções telefónicas, o antigo primeiro-ministro, recorde-se, já esteve em prisão preventivamente e domiciliária, sendo acusado de 31 crimes económico-financeiros. Contactada pelo CM, a RTP não respondeu até à hora de fecho desta edição.

(“Correio da Manhã” – 5 outubro 2019 – João Bénard Garcia e Paulo Abreu)

Imprima esta página Imprima esta página

Comente esta notícia.

Escreva o seu comentário, ou linque para a notícia do seu site. Pode também subscrever os comentários subscrever comentários via RSS.

Agradecemos que o seu comentário esteja em consonância com o tema. Os comentários serão filtrados, antes de serem aprovados, apenas para evitar problemas relacionados com SPAM.