Home » Destaques

Número de agosto de “Le Monde diplomatique”

10 de August de 2019


Número de agosto de “Le Monde diplomatique”

Na edição de agosto destacamos um estudo de Paulo Coimbra e João Rodrigues sobre um dos mitos mais repetidos: dizem-nos que o investimento depende da poupança, mas é a poupança que depende do investimento. Que consequências tem esta inversão, por exemplo para a Segurança Social? João Fraga de Oliveira reflecte sobre as leis laborais, em particular as que continuam por mudar e nos fazem trabalhar mais para ganhar menos. Jorge Costa mostra como o rentismo privado na electricidade captura o Estado e empobrece os consumidores, sugerindo caminhos de mudança. Luís Fazendeiro faz um balanço do Plano Nacional de Energia e Clima 2030, nos seus avanços e limitações. Carla Baptista leva-nos a viajar pela história e futuro da árvore do cacau, com o filme Understrory de Margarida Botelho.

No internacional, outras viagens. Pelos Balcãs na sua constante redefinição de fronteiras, num quadro de permanência das lógicas étnicas; pelos Estados Unidos, onde a esquerda universitária se canibaliza numa abordagem exclusivamente identitária, e onde as fake news que diabolizam o Irão com vista à guerra escapam ao radar os media; pela Tunísia que falhou uma reforma que daria mais igualdade de direitos às mulheres; ou pela Argélia que insiste em dificultar a vivência da homossexualidade. Viajamos também pela história, por entre os refugiados da Guerra Civil de Espanha nos campos franceses, e pelo Japão, revisitando o desastre de Fukushima. Mas não esquecemos o futuro, no qual teremos de indagar a dependência da Internet ou a falta que nos faz a obscuridade. Analisamos também os efeitos escatológicos dos profetas do colapso iminente: não, o mundo não vai acabar; o que tem de acabar é o modelo que o degrada.

(Press release de “Le Monde diplomatique”)

Índice de artigos aqui.

Também disponíveis:
– «Os talibãs de São Francisco», SERGE HALIMI- «Plural e vinculado à esquerda», SANDRA MONTEIRO

Imprima esta página Imprima esta página

Comente esta notícia.

Escreva o seu comentário, ou linque para a notícia do seu site. Pode também subscrever os comentários subscrever comentários via RSS.

Agradecemos que o seu comentário esteja em consonância com o tema. Os comentários serão filtrados, antes de serem aprovados, apenas para evitar problemas relacionados com SPAM.