Home » Notícias

Apreensão na TVI sobre a nova estratégia

6 de August de 2019


A nova directora de programas da TVI, Felipa Garnel, iniciou ontem funções, mas há um sentimento generalizado de apreensão entre os trabalhadores, com alguns a manifestarem dúvidas sobre as qualificações da ex-directora da revista “Lux” para inverter o rumo da estação de Queluz.

Depois de gozados uns dias de férias, Felipa Garnel assume esta segunda-feira a direção de Programas da TVI, numa altura em que a estação vive um dos capítulos mais negros da sua história. O clima de medo e de desconfiança com a chegada da ex-diretora da revista ‘Lux’ é notório em Queluz de Baixo. “Claro que o futuro é preocupante. Esta escolha surpreendeu-nos a todos, não sabemos se tem o perfil certo…”, reconhece fonte do canal ao CM.

“O período que vivemos não é o melhor, já saíram pessoas, vão entrar outras, não sabemos que estratégia aí vem… Portanto, é natural que haja desconfiança, embora o discurso da Felipa no Algarve tenha sido bom.”

Na Festa de Verão da TVI, em Vilamoura, recorde-se, a sucessora de Bruno Santos na direção de Programas teve um discurso aglutinador e ambicioso, ela que é a grande aposta da nova administração da Media Capital, agora liderada por Luís Cabral. “Gosto de ouvir todas as pessoas, não trabalho sozinha. Mas há claramente decisões a tomar. A TVI não pode estar em 2º lugar. O 2º lugar não é o lugar da TVI”, disse Felipa Garnel.

Garantindo estar “preparadíssima” para a guerra das audiências, a ex-diretora da revista ‘Lux’ avança que a estação de Queluz de Baixo precisa de uma estratégia “séria” e com foco: “Acho muito importante o foco. Estou preparada, sou combativa. Gosto de desafios.”

Aos 54 anos, Felipa Garnel vive o seu maior desafio profissional. Consciente da tarefa árdua que tem pela frente – a perda da liderança para a SIC ao fim de quase década e meia-, a nova diretora de Programas da TVI deixa, porém, um aviso a todos: “Vou ver a grelha, analisar… As mudanças não se fazem de um dia para o outro. Achar que vai haver uma nova TVI para o mês que vem, não vai.”

(“Correio da Manhã” – 5 agosto 2019)


Imprima esta página Imprima esta página

Comente esta notícia.

Escreva o seu comentário, ou linque para a notícia do seu site. Pode também subscrever os comentários subscrever comentários via RSS.

Agradecemos que o seu comentário esteja em consonância com o tema. Os comentários serão filtrados, antes de serem aprovados, apenas para evitar problemas relacionados com SPAM.