Home » Notícias

TVI regista pior audiência em 21 anos

3 de August de 2019


A TVI continua a afundar nas audiências. Com um share médio de 14,3%, o canal de Queluz de Baixo fechou o mês de julho com a sua pior audiência em quase 21 anos. 

É preciso recuar a outubro de 1998 para encontrar um resultado tão baixo: 14,2%. Os dados oficiais são da Marktest (até 2012) e da GfK (desde então). 

Desde o início do ano que a TVI regista uma quebra acentuada de audiências, o que levou, inclusive, à perda da liderança do mercado televisivo para a SIC. A estação da Media Capital é derrotada atualmente em quase todos os horários pela SIC que, após 13 anos de consecutivos a perder para a TVI, conseguiu inverter a situação. A contratação de Cristina Ferreira foi o principal mote para a mudança.

A SIC fechou o mês passado com uma audiência média de 18,5%, mais 4,3 pontos percentuais do que a sua principal concorrente. Já a RTP 1 somou uma média de 12,3% de share.

Contas feitas, a SIC regista este ano uma média de 18,9% de share, contra 16,9% da TVI e 12,3% da televisão pública. 

No último mês, e ao mesmo tempo que atingia mínimos de audiência, a TVI passou por várias mudanças na sua estrutura diretiva, com destaque para a saída de Rosa Cullell, administradora da Media Capital- que foi substituída por Luís Cabral- e de Bruno Santos, que entregou a direção de programas da Felipa Garnel.

Luís Cunha Velho, administrador da produtora Plural Entertainment, regressou a Queluz de Baixo para assumir a gestão de antena.

(“Correio da Manhã” – 3 agosto 2019)

(“Correio da Manhã” – 3 agosto 2019)
https://www.cmjornal.pt/tv-media/detalhe/tvi-regista-pior-audiencia-em-21-anos?ref=Tv%20Media_DestaquesPrincipais

Imprima esta página Imprima esta página

Comente esta notícia.

Escreva o seu comentário, ou linque para a notícia do seu site. Pode também subscrever os comentários subscrever comentários via RSS.

Agradecemos que o seu comentário esteja em consonância com o tema. Os comentários serão filtrados, antes de serem aprovados, apenas para evitar problemas relacionados com SPAM.