Home » Opinião

Discussão com espinhas na TVI24

11 de February de 2017


De vez em quando vejo, na TVI 24, a “Prova dos Nove”, um programa apresentado por Constança Cunha e Sá onde é suposto acontecer um debate sério (coisa rara) sobre a situação política nacional e, por vezes, internacional. Há sempre três convidados fixos: Paulo Rangel (PPD), Pedro  Silva Pereira  (PS) e Fernando Rosas (Bloco de Esquerda). Nesta última quinta feira, tudo andou à volta do ‘momentoso’ problema dos ‘mails’ trocados entre o Ministério das Finanças e o dr. António Domingues, que na altura liderava a equipa que administrava a Caixa Geral de Depósitos. O tema, de tão velho, relho e ultrapassado, já cheirava mal. Mas no final ainda ficou a cheirar pior. (RC)

Por responsabilidade exclusiva do eurodeputado Paulo Rangel que, num estilo de sapiente trauliteiro – e a exemplo do que já tinha visto noutros programas anteriores – não deixava falar ninguém, sempre a interromper as intervenções dos seus  camaradas de debate, perante uma certa passividade de Constança, que noutras situações até parece uma jornalista combativa.

A coisa foi de tal ordem que, já perto do final, estando Fernando Rosas no uso da palavra, com a câmara fixada no seu rosto mas ouvindo-se em fundo  Paulo Rangel sempre a vociferar e a interromper, o ex-deputado do BE se calou. Constança instou-o: “Continue, Fernando Rosas”. E foi então que, com toda a calma mas muita piada, se ouviu a resposta de Rosas à moderadora: “Continuo se ele me deixar falar. Está para ali aquela metralhadora falante…”.

Como estava numa roda de amigos a assistir à coisa, para além de uma gargalhada geral, um de nós comentou: “O Rosas enganou-se. Aquilo não é uma metralhadora, é uma peixeira, sem ofensa para as peixeiras”.

Ribeiro Cardoso

Imprima esta página Imprima esta página

Comente esta notícia.

Escreva o seu comentário, ou linque para a notícia do seu site. Pode também subscrever os comentários subscrever comentários via RSS.

Agradecemos que o seu comentário esteja em consonância com o tema. Os comentários serão filtrados, antes de serem aprovados, apenas para evitar problemas relacionados com SPAM.